"ENTRE NÓS E AS PALAVRAS, O NOSSO DEVER DE FALAR" Mário Cesariny, in:Pena Capital

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009
Beneficiar o Infractor?

"Não queremos beneficiar o infractor" disse José Sócrates na sua aparição de ontem na Assembleia da república, referindo-se aos 3% retirados à Segurança Social das empresas que assegurem postos de trabalho.

 

Mas qual infractor?

A lei da Segurança Social é injusta e a grande causa do desespero de muitas empresas.

Um pequeno caso, o meu.

Aceitei uma trabalhadora que tinha vindo de França. 30 anos e  meses de idade. 1º emprego. Acedi a contrato por tempo indeterminado, em Maio, pensando ter  benefício com a segurança Social.

Duirante alguns meses (10) não entreguei a parte da empresa, por  ser o 1º emprego.

A funcionária despede-se em Fevereiro seguinte e dá mais o  mês seguinte.

Paguei-lhe o correspondente a 10 meses de férias.

Sabem o que me fez? Vou-lhes contar:

Moveu-me um processo no Ministério do Trabalho, que lhe deu razão no seguinte:

1. Por ter iniciado no 1º semestre do ano, tinha direito a 10 dias de férias logo no dia 1 de Julho. Como não lhas paguei nem deixei gozar fui incriminado a pagar a dobrar e os respectivos juros.

2. Como a empresa fechava no mês de Agosto, com férias para todos ela também gozou esse mês de férias, concordando em  serem antecipadas. Em tribunal e com a anuência do seu exemplar advogado, Dr. Ségio Passos, veio dizer que não trabalhou esse mês porque a empresa não lhe permitiu. 

3. No dia 1 de janeiro seguinte venceu  o correspondente a um mês de férias.

4. Além disso, por ter trabalhado mais 3 meses desse ano, venceram-se mais 7, 5 dias de férias.

5.Então vejam no que me ficou uma funcionária que aceitei por tempo indeterminado por ser candidata do 1º emprego:

Com 10 meses de trabalho, tive que indemnizá-la em cerca de 5 vezes o seu vencimento na altura, que era o ordenado mínimo.

6. Mas não ficamos por aqui. Agora vem a Segurança Social. Já depois dela sair sou informado que  teria que pagar os descontos legais para a SS, uma vez que a funcionária tendo mais de 30 anos já não tinha direito ao referido benefício. E assim, fico com uma dívida à segurança Social.

7. Mas há mais. Por ter esta dívida anularam-me os outros benefícios de 3 empregados, dizendo que, tendo dívidas à SS, não poderia beneficiar dessas reduções.

 

E, desta forma, vejo-me, de repente com uma dívida à SSocial. Em pouco tempo, não  estiveram com meias medidas. Como estávamos para iniciar a construção  de novas instalações, penhorarm-me de imediato o terreno.

Como esse terreno estava incluido numa Zona Industrial, cedido pela Câmara Municipal a preços simbólicos, resolvi devolver o terreno à Câmara, suspender o processo do projecto e terminar de vez com os 6 empregados que tinha e trabalhar sozinho.

Foi a partir daí que consegui alguma paz e amealhar o suficiente para não estar sempre a pensar no dia 1, no dia 15 e no dia 20.

O Estado e as suas leis económicas  para com as pequenas empresas são o maior entrave ao desenvolvimento.

Chamar infractor a quem dá trabalho, mesmo que não pague Seg Social é não ter o mínimo respeito por quem é o principal sustento do equilíbrio económico e social do país.

Os patrões deveriam ser respeitados, porque, hoje ser patrão, é o maior acto de coragem.

Já o disse várias vezes em crónicas anteriores e em artigos jornalísticos  ( Dia da Sagrada Família, uma reflexão sobre o futuro social das nossas terras) que a forma como a Segurança Social se  financia  nas empresas é injusta.

E fico desulado com a forma como o Primeiro Ministro tracta os empregadores: Infractor! Daaaaaaa!



publicado por lamire às 09:08
link do artigo | comentar | favorito
|

Sempre em roda
Molhobico
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
Molha o bico aqui:
links
artigos recentes

Beneficiar o Infractor?

A justiça do IRS

IVA, 1% a menos! Sr Prime...

Ladrões!!!!

Impostos

arquivos

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Setembro 2002

Novembro 2001

Setembro 2001

Março 2001

Dezembro 2000

Setembro 2000

Junho 2000

Fevereiro 2000

Dezembro 1999

Outubro 1999

Agosto 1998

Abril 1998

Março 1998

Fevereiro 1998

Outubro 1997

Julho 1997

Junho 1997

Maio 1997

Abril 1997

Janeiro 1997

Junho 1996

tags

todas as tags

o nosso email
molhobicopower@sapo.pt
subscrever feeds