"ENTRE NÓS E AS PALAVRAS, O NOSSO DEVER DE FALAR" Mário Cesariny, in:Pena Capital
Quinta-feira, 27 de Abril de 2006
Raciocínio errado

O nosso primeiro ministro tem estado a falar sobre as pensões, colocando-nos um raciocínio errado. Dizer que agora há menos gente a sustentar  o sistema é não querer ver o que há muito já está mais que analisado. O sistema de pensões não pode mais continuar a ser sustentado pelo sistema de descontos de quem trabalha.

É imoral, injusto e descompensado do sistema económico.

Há 50 anos, ou menos, uma empresa, por exemplo de construção de pontes, tinha, para construir uma qualquer, 500 ou mais empregados. Hoje, o mesmo empreiteiro ou empresa, recebendo ainda mais, consegue o mesmo com pouco mais que uma dúzia de funcionários.

Poderia dar muitos exemplos, desde a indústria têxtil à indústria de madeiras e até da construção. Por isso, tal como já o disse há muitos anos, tendo até alguém chegado a falar do assunto ( a segurança social ser associada à facturação) esta é a única forma de justiça social e empresarial.

Por exemplo, que justiça existe em uma empresa descontar mais para o escriturário do que o trabalhador normal? Ou seja, a reforma do secretário, que contribui para a empresa da mesma forma que o gerente ou o técnico é, muitas vezes, maior. Ora a empresa deveria descontar igualmente em relação a todos os funcionários, ou, como argumento, descontar em relação à facturação.

E porque é que não se desconta a partir da facturação? Porque o Estado não acredita na facturação.

E aqui está um dos problemas – a economia paralela.

E só existe porque o mesmo Estado não tem uma  forma justa e correcta para que todos possam exigir uma factura.  Bastaria que cada factura pudesse contribuir minimamente para a reforma de cada um, descontando qualquer coisita do imposto pago.

E o Estado não tem interesse em nada, porque há muita coisa mal em que não mexe.

Comece por isto, sr. Primeiro Ministro: Acabe com as duplicações de reformas, tomando como exemplo o nosso Presidente da República ou o Ministro das Finanças, entre milhares e milhares de exemplos.

Acabe com  as reformas daqueles que estão ainda a trabalhar e não têm idade para terem esse direito comum, como milhares de ex deputados e autarcas.

Acabe com as indemnizações aos que saiem de cargos públicos, que são milhões e milhões sem o mínimo de justiça.

Ponha imediatamente um limite máximo  para qualquer reforma, que não ultrapasse o que seja uma reforma de dignidade.

E mais que 150 euros diários de reforma, para um país como o nosso, já se pode considerar imoral e injusto. A reforma não é um vencimento. E quem já recebeu muito, que o poupasse.

Além disso, acabe com as mordomias, o FETE (ninguém fala no FETE?)

Isto sim, aqui é que é uma reforma séria.

Senhor primeiro Ministro, acabe com o Blá. Blá, Blá! Vá directamente à ferida. O Povo é isso que quer…

Já agora consulte:

http://antoniosimoes.no.sapo.pt/escritor/diario/dez03/04dez05_pensoes.htm

e

http://antoniosimoes.no.sapo.pt/escritor/diario/abr03/03abr07.htm



publicado por lamire às 15:43
link do artigo | comentar | favorito
|

Sempre em roda
Molhobico
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
Molha o bico aqui:
links
artigos recentes

A GRANDE MINA DA EDP

Os Moralistas

Tomada de Posse do Presid...

12 de Março de 2011 - Um ...

Portal do cidadão! Inacre...

Estudo do Economista Álva...

O Diário do Professor Arn...

Casa de férias do Sr. Sil...

Alguém se Candidata a ser...

Reformas na Suíça com tec...

A mania saloia dos diplom...

Cavaco ganhou €147 mil co...

TC critica despesa injust...

Vamos pôr a EDP na Linha!...

Cum carago!

A EDP e os PRÉMIOS!

Os nossos maiores emprega...

O desperdício de Lisboa

Bem Prega "Frei Tomás"!.....

Viva a Maria !!!

4 Vergonhas

CHULICE

"Manso é a tua tia, pá!"

Prestação Familiar?? Vão ...

Mulher com "Tomates"

arquivos

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Setembro 2002

Novembro 2001

Setembro 2001

Março 2001

Dezembro 2000

Setembro 2000

Junho 2000

Fevereiro 2000

Dezembro 1999

Outubro 1999

Agosto 1998

Abril 1998

Março 1998

Fevereiro 1998

Outubro 1997

Julho 1997

Junho 1997

Maio 1997

Abril 1997

Janeiro 1997

Junho 1996

tags

todas as tags

o nosso email
molhobicopower@sapo.pt
mais comentados
subscrever feeds