"ENTRE NÓS E AS PALAVRAS, O NOSSO DEVER DE FALAR" Mário Cesariny, in:Pena Capital
Sexta-feira, 15 de Setembro de 2000
A incoerência do Hino - resposta a Arménio

Caro amigo Arménio,

Quando resolvi tornar pública a minha opinião sobre o nosso Hino Nacional, é evidente que tinha consciência que ela não é pacífica. E ainda bem. As ideias são para ser discutidas. É da discussão que nasce a luz. Só tenho pena que não tenhamos mais tempo para nos encontrarmos na nossa terra, pelo menos nas festas tradicionais do dia 15 de Agosto, e aí, além de muitos outros assuntos, podermos falar também deste.

A primeira coisa que gostaria de dizer-te é que não há da minha parte qualquer intenção de pôr em causa um dos nossos símbolos patrióticos, a que devemos todo o respeito.

Nem a forma como tenho abordado o assunto tem em vista pôr em causa a hierarquia, na qual te inseres, que muito respeito e na qual tenho alguns amigos, entre os quais, tu, e que muito considero.

É evidente que o conceito de “paz” é muito lato, e nisso todos poderemos ser um pouco incoerentes. A paz não existe, nem dentro de nós próprios. A paz é o final de tudo, e todo o caminho é uma conquista, numa luta contínua.

Mas fazer de toda a nossa vida um acto de “bravura”, não quer dizer que seja um acto de guerra. Bravura é termos orgulho no que fazemos, é aplicarmo-nos ao máximo nos nossos actos.

Em relação ao Hino, caro Arménio, sabes tão bem como eu como ele é cantado, a maior parte das vezes, sem bravura. A não ser em ambientes bem quentes, tipo jogo de futebol, em que todo o cenário faz parte da propaganda futebolística, que, actualmente, quase já é uma praga.

A consciência de ser Português é, actualmente, uma atitude terrivelmente negativa. É muito fácil ver os jovens no nosso País com camisolas com as estrelas americanas. É muito difícil encontrar um jovem com o “escudo” ao peito. Há poucos jovens como o João Maria Tudela, que esta semana invoca o seu patriotismo, num jornal semanal.

De quem é a culpa? De todos nós. Que continuamos a querer que o pensamento seja só o de alguns e não queremos que os nossos jovens pensem verdadeiramente na essência do seu ser e do seu estar.

Cantar o Hino somente porque é um símbolo, então cantemos o Malhão! O Hino tem que ser um símbolo, mas um símbolo vivo, com que todos vibrem. Tem que ser um sentimento. Terás que concordar que com parte da  letra actual, conscientemente, não pode ser um símbolo vivo.

Além disso, Portugal existe, como reino, deste 1143, e este Hino ainda nem tem 100 anos. Alguém teve a ousadia de em determinada altura o mudar. Porquê? Certamente que, pelas circunstâncias políticas da altura ele se não adaptava.

Será que não há coragem política, não há bravura suficiente para encarar este assunto a sério? Vamos discuti-lo seriamente!

 Não é pelo facto de haver outros países que também têm Hinos do género que vamos continuar a deixar andar o assunto em “banho maria” a ver o que é que os outros fazem.

Ainda bem que escreveste. Eu gostava que este assunto não ficasse por aqui e que outros viessem a terreiro e dizerem a sua opinião sobre este assunto.

Caro Arménio, aparece por cá. A nossa terra precisa de nós. Um abraço.



publicado por lamire às 02:57
link do artigo | comentar | favorito
|

Sempre em roda
Molhobico
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
Molha o bico aqui:
links
artigos recentes

A GRANDE MINA DA EDP

Os Moralistas

Tomada de Posse do Presid...

12 de Março de 2011 - Um ...

Portal do cidadão! Inacre...

Estudo do Economista Álva...

O Diário do Professor Arn...

Casa de férias do Sr. Sil...

Alguém se Candidata a ser...

Reformas na Suíça com tec...

A mania saloia dos diplom...

Cavaco ganhou €147 mil co...

TC critica despesa injust...

Vamos pôr a EDP na Linha!...

Cum carago!

A EDP e os PRÉMIOS!

Os nossos maiores emprega...

O desperdício de Lisboa

Bem Prega "Frei Tomás"!.....

Viva a Maria !!!

4 Vergonhas

CHULICE

"Manso é a tua tia, pá!"

Prestação Familiar?? Vão ...

Mulher com "Tomates"

arquivos

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Setembro 2002

Novembro 2001

Setembro 2001

Março 2001

Dezembro 2000

Setembro 2000

Junho 2000

Fevereiro 2000

Dezembro 1999

Outubro 1999

Agosto 1998

Abril 1998

Março 1998

Fevereiro 1998

Outubro 1997

Julho 1997

Junho 1997

Maio 1997

Abril 1997

Janeiro 1997

Junho 1996

tags

todas as tags

o nosso email
molhobicopower@sapo.pt
mais comentados
subscrever feeds