"ENTRE NÓS E AS PALAVRAS, O NOSSO DEVER DE FALAR" Mário Cesariny, in:Pena Capital
Sábado, 21 de Junho de 1997
O País do faz de conta que...(II)
O artº 60 do CIVA
A Tia Maria fez esta semana 85 anos. Desde pequena que para ajudar a família teve que ir servir. Deu o melhor da sua vida à Quinta da Rosa e à Quinta de Cima. De tudo isso resta-lhe a sua casita e a reforma mínima, que alguns meses não chega para pagar integralmente a botica receitada pela médica de família, para atenuar os seus problemas de coração.
Mesmo assim, a tia Maria ainda consegue arranjar uns ovos para os sobrinhos levarem ao fim de semana, pois as suas galinhas são umas poedeiras de alto nível. Eu só peço a Deus é que não se lembrem de incluir algum imposto do CIVA nas galinhas da Tia Maria!
 
Ontem foi o funeral do Tio Manuel, que só por afinidade é da família da Tia Maria. Mas ela ainda quis fazer jus das suas qualidades de cozinheira e preparou o jantar para a família cozinhando uns saborosos croquetes. O pior foi o gás que faltou. Foi a ocasião para eu ir à tasca do Sr. Alberto, que fica a 4 Km, trocar a botija.
Há muito que não falava com o sr. Alberto. Era noite e ele acabava de chegar das terras carregando a foice de cabo alto e a sachola. A sua mulher já preparava o jantar.
E tendo como tema a nova botija de gás, que agora é verde e com um novo rutor, veio à baila a CEE e daí as novas exigências. A sua mulher pergunta-me o que é que eu acho, se estamos a ir para melhor ou não. E eu respondo-lhe com uma nova pergunta. O que é que você acha? - Olhe eu só sei é que o meu homem já foi pagar os 50 contos do postal que recebeu.
Aqui começamos a conversa sobre o malfadado imposto do CIVA que sem o mínimo respeito veio entrar na casa de todos aqueles que, humildemente, mas generosamente têm feito a sua vida nas aldeias interiores das quais os Estado só se lembra nestas alturas ou para eleições.
É evidente que, todas estas pessoas que eu conheço da minha meninice, vivem o seu dia a dia cultivando  as terras como Deus deixa,  e à noite lá vendem mais um pacote de Omo ou uma garrafa de óleo, ou uma botija de gás, sem que isso lhes dê um rendimento que se possa considerar desafogado. E pagam o IVA de 3 em 3 meses!
E o ti Alberto começa a desbobinar uma quantidade de nomes que já receberam o dito postal. -Olha, o Augusto também já teve que ir pagar. A Elisa foi pagar mas deu baixa da loja, o Eduíno também já recebeu mas parece que não quer pagar. E outros nomes que eu não fixei.  E quantas terrinhas iguais a esta por esse “País profundo”?
A Belita foi mãe solteira. Vive com a filha de 14 anos e dedica-se a arranjar o cabelo de pessoas amigas, geralmente ao fim de semana ou em dia de maior festividade, casamento ou batizado. A sua coluna não lhe permite mais. Recebeu a informação para pagar 150 contos, como se fosse um salão de Beleza. Mas onde é que a Belita tem rendimento para pagar os 150 contos? Mas pior que isso, onde é que a Belita tem os 150 contos? Foi às Finanças, que lhe responderam que nada podiam fazer, que o melhor era escrever uma carta ao Ministro. Assim fez, foi procurar um advogado para lhe escrever uma carta ao Ministro a contar a sua situação.
É isto a realidade, meus senhores! O fisco está louco, tresmalhado, ou o País está dividido em duas realidades? Será a realidade da miséria e da exploração (Explo97) ou a realidade da festança da Expo 98?
O Sr. Ministro das Finanças veio dizer que não há aumento de impostos. Mas o que é isto?
A minha esposa aumentou de escalão em Janeiro. Passaram a pagar-lhe agora. O aumento de 30 contos foram 5 de vencimento e 25 de IRS. Ora toma!-“ Mas agora és mais importante porque mudaste de escalão!”
O meu irmão, recebeu a informação para pagar adiantado o IRS, coisa que nunca lhe tinha acontecido.
Eu estou aqui a escrever porque sinto que, agora, como antigamente, são os pequenos, os humildes que têm que desenrascar o País nas horas de crise, que não é provocada por eles. É àqueles que não têm voz, que não têm poder de associação, que vão aguentando o resto que nos resta da agricultura tradicional, é a esses que agora se vêm retirar o pouco que ainda lhes resta. Sim, porque isto do artº 60 do CIVA é imoral, é promiscuo, é uma afronta.
Espero que vós, representantes do Povo, a quem o Povo deu um voto de confiança na hora em que o pediram não deixem passar esta tão grande desigualdade fiscal, que ronda as raias da imoralidade.
------
Ao sabor da pena
António Simões - 21.6.97


publicado por lamire às 01:20
link do artigo | comentar | favorito
|

Sempre em roda
Molhobico
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
Molha o bico aqui:
links
artigos recentes

A GRANDE MINA DA EDP

Os Moralistas

Tomada de Posse do Presid...

12 de Março de 2011 - Um ...

Portal do cidadão! Inacre...

Estudo do Economista Álva...

O Diário do Professor Arn...

Casa de férias do Sr. Sil...

Alguém se Candidata a ser...

Reformas na Suíça com tec...

A mania saloia dos diplom...

Cavaco ganhou €147 mil co...

TC critica despesa injust...

Vamos pôr a EDP na Linha!...

Cum carago!

A EDP e os PRÉMIOS!

Os nossos maiores emprega...

O desperdício de Lisboa

Bem Prega "Frei Tomás"!.....

Viva a Maria !!!

4 Vergonhas

CHULICE

"Manso é a tua tia, pá!"

Prestação Familiar?? Vão ...

Mulher com "Tomates"

arquivos

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Setembro 2002

Novembro 2001

Setembro 2001

Março 2001

Dezembro 2000

Setembro 2000

Junho 2000

Fevereiro 2000

Dezembro 1999

Outubro 1999

Agosto 1998

Abril 1998

Março 1998

Fevereiro 1998

Outubro 1997

Julho 1997

Junho 1997

Maio 1997

Abril 1997

Janeiro 1997

Junho 1996

tags

todas as tags

o nosso email
molhobicopower@sapo.pt
mais comentados
subscrever feeds